NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, June 30, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 97 "DAVI TENTA AJUDAR FILHOS DE SEU AMIGO E É MAL INTERPRETADO

Meffibosete agora já pai de família, já tinha um filho para se preocupar com ele, e com todos estes benefícios já não precisava mais se humilhar pra mais ninguém, pelo contrário, poderia ajudar todos os que lhe queriam bem.    
Davi era homem bom e reconhecedor, de quem o olhava com bons olhos, e sempre estava pronto a beneficiá-los quando necessário.
Vendo Davi a situação que se encontrava o reinado de seu amigo Naás rei de Amom após sua morte, se prontificou em beneficiá-lo, e ajudar no que lhe fosse permitido, e envia mensageiros para ver suas necessidades.
Acontece, que a presença dos mensageiros de Davi, trouxe certo desconforto para os príncipes de Amom, e disseram aos mensageiros.
Por ventura, honra Davi a teu pai aos teus olhos, porque te enviou consoladores. Por acaso não os enviou Davi para reconhecerem esta cidade, para espiá-la e para transtorná-la?
Nem sempre, estamos certos de que estamos fazendo o bem por determinadas pessoas, muitas vezes quando achamos que estamos fazendo o bem, somos mal interpretados e acabamos por pagar caro pela nossa boa intenção.

Foi o que aconteceu com Davi, achando que estava retribuindo gentilezas, acaba tendo de se confrontar com os filhos daquele que considerava seu amigo, pior pra eles, pois em confronto com um ungido do Senhor, jamais conseguiria levar alguma vantagem.-----------------  EJO  ------------------------ Continua   

Friday, June 27, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 96 "DAVI SE EMOCIONA COM A HISTÓRIA DO FILHO DE JONATAS

Podemos notar a presença de Deus na vida de Davi em todos os sentidos, ás vitórias de Davi nas grandes batalhas contra seus inimigos, seria totalmente impossível se Deus não estivesse à frente.
Davi em sua consciência sempre se preocupava a respeito da família de Saul; será que ainda sobrou alguém da família pra que eu possa ajudar em alguma coisa?
Pois pelo muito que recebia de Deus, achava por bem compartilhar com alguém que o fizesse lembrar os dias bons ao lado de pessoas de sua estima, como no caso de Jônatas por exemplo.
Então Davi se lembra que havia um homem da casa de Saul, em seu exército, e manda chamá-lo, e o interroga sobre à casa de Saul.
E assim ele lembra que ainda restava um moço filho de Jônatas, que ainda criança, ao fugir de um ataque dos filisteus contra o povo de Israel, caiu e ficou aleijado dos dois pés, e conta toda história de como tudo aconteceu.
Davi, emocionado com a história, manda que o busque imediatamente, e ao chegar à presença de Davi, o tal menino que agora já era homem feito.
 Dobra-se diante de Davi e se coloca por terra, em sinal de respeito.
Naturalmente que ao chegar frente a Davi; em sua cabeça só vinha algo negativo, pois bem sabia a maneira que Saul o tratava.
Davi reconhecendo o tremor que o cercava, logo disse: Não temas porque certamente usarei de beniguinidade para contigo, pela grande amizade que existia entre eu e teu pai Jônatas.
Davi faz promessas de restituir ao filho de Jônatas tudo que era seu por direito da parte de Saul.
Reconhecendo a sua situação de humilhado, se compara com um cão abandonado, dizia que não merecia tal reconhecimento por parte de Davi.
Porém Davi não deu ouvido ás suas lamúrias, e declarou que tudo quanto era de Saul, de agora em diante é seu.
E Mais; ele teria livre acesso à casa de Davi, comeria na mesa com ele.

Com esse benefícios, naturalmente que todos aqueles que cuidaram de Mefibosete, também participariam destes benefícios.  EJO --------------------- Continua

Thursday, June 26, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 95 "DAVI AJUDA O FILHO DE SEU AMIGO JONATAS"

O propósito de Davi era construir uma casa digna de um grande rei, com todas as suas dependências, baseadas no que pudesse encontrar de melhor.
Mediante a tanta consideração, Davi entendeu que o Senhor Deus o confirmava como rei de Israel, e mais e mais, seu amor pelo povo de Israel crescia a ponto de se colocar a disposição de sua própria vida a favor deste povo.
Agora é a consciência de Davi que fala mais alto, pois não concordava em morar em uma casa feita com tanto esmero, sendo que a Arca do seu Senhor Deus dos exércitos, morava em barracas cercadas por cortinas.
Mas ainda, não seria desta vez, apesar de ser incentivado pelo profeta Natã.
Acontece que Deus, não havia morado em nenhuma casa desde, quando retirou o povo do Egito,  até o dia de hoje, ou seja até aquele momento do diálogo com o profeta Natã.
E fazia questão em frisar que nunca, jamais exigiu que o povo de Israel construísse uma casa para ele, mas enche de esperança o coração de Devi, com promessas de muitos benefícios, inclusive de que em sua geração surgiria alguém que seria encarregado em construir a casa dos sonhos de Davi.
A promessa de Deus a Davi vai mais além, de que o reino de Davi seria confirmado para todo o sempre.
Nas palavras de Deus ao profeta Natã, dizia que o reino seria de Davi, mas Deus seria por pai e Davi seria por filho, e se algum dia vier a transgredir, seria castigado com varas de homens e com açoites de filhos de homens.
Mas que apesar de todo castigo jamais o abandonaria, e jamais retiraria dele a sua benignidade, como fez a Saul.

E mais uma vez confirma que o reino de Davi será confirmado para sempre, e seu trono seria reconhecido por todo povo.------------------- EJO -------------- Continua

Wednesday, June 25, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 94 "DAVI COMO REI DE ISRAEL, CONQUISTA A AMIZADE DE SEUS VIZINHOS"

Estando Isbosete morto, o povo de Israel veio a Davi, e se coloca aos seus pés; dizendo que suas vidas estavam em suas mãos.
E que confiavam nele, pois desde os tempos de Saul, Davi já era muito considerado por eles, pelas muitas vitórias que Davi conquistara como líder do exército de Saul.
E então vieram os mais velhos do povo de Israel, ou seja, os anciãos, e diante de Deus em Hebrom, coroaram a Davi como rei de Israel também.
Davi ainda era muito jovem, em relação à maioria do povo adulto, tinha naquela época trinta anos, e quarenta anos se passaram entre o reinado de Jerusalém e Judá.
Seu nome era respeitado por todo povo, e todos os anos de sua vida sempre tinha vitórias importantes a serem comemoradas.
E Davi, ia cada vez mais aumentando e crescendo em todas as áreas, porque o Senhor Deus dos exércitos era com ele.
Naturalmente que em todos os povos, tem sempre aqueles necessitados, cegos, coxos aleijados, anciãos, e muitos outros.
E isto estava servindo de barreira para que Davi não entrasse em Jerusalém, só que eles não sabiam que Davi era homem determinado e suas atitudes eram tomadas sob a orientação de Deus
E em combate toma a fortaleza de Sião, que dali por diante fica sendo a cidade de Davi, que crescia a olhos vistos, chamando a atenção do rei vizinho.

O rei de Tiro, chamado Hirão, do país vizinho, simpatizou tanto com a maneira que Davi comandava seu povo a ponto de se prontificar em beneficiar ao reino de Davi com mão de obra especializada, principalmente, carpinteiros e pedreiros e material para construir, assim como madeira de cedro e outros materiais,.
------------ EJO ----------------- Continua

Tuesday, June 24, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 93 "ESTANDO ISBOSETE MORTO, O POVO DE ISRAEL PROCURA DAVI PARA SER SEU LÍDER"

Davi ao saber da noticia, fica muito contrariado, e se entristeceu profundamente, e manda que todo povo que com ele estava e seguia sob suas ordens, prestasse uma homenagem especial a Abner, e em sinal de luto, rasgassem suas vestes e vestissem roupas feitas com sacos, pois assim demonstravam que estavam realmente tristes com sua morte.
O povo que servia a Isbosete que já estavam praticamente à disposição de Davi, e já não obedecia mais as suas ordens.
E entre tantos sempre aparecem aqueles mais exaltados, querendo de alguma forma se dar bem.
E entre esses exaltados, dois se destacam, ferindo Isbosete de morte, e traz a sua cabeça com a desculpa de vingança ao que Saul fizera em perseguição a Davi, pensavam eles que com isso Davi iria lhes trazer algum benefício.
Acontece que Davi, jamais concordaria com tal atitude, pois se quisesse ele próprio teria matado Saul, ao tirar lhe pedaços de sua capa quando estava dormindo.
Davi já havia exterminado, um que inocentemente havia trazido noticias da morte de Saul.
Que ao matá-lo, seu pensamento era que estava prestando um grande favor a Saul que agonizava sem forças para terminar o que havia começado, estava sofrendo muito.
Agora chega estes aproveitadores com a cabeça de Isbosete filho de Saul, achando que iriam se dar bem com Davi.
Acontece que Davi era um grande guerreiro, porém justo e não gostava de covardias, e esse dois mataram Isbosete quando estava ainda dormindo, e naturalmente que Davi não iria deixar barato.

E ordena que um de seus servos os matem. ----------- EJO ----------- Continua

Monday, June 23, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 92 "ISBOSETE, REI DE ISRAEL TEM INVEJA DE DAVI POR CAUSA DE SUA POPULARIDADE"

Neste meio tempo, o capitão do exército de Saul, senhor Abner, nomeia um dos filhos de Saul chamado Isbosete, para assumir o seu lugar, na qualidade de rei de Israel.
Que passou a governar todo Israel e alguns de seus vizinhos, no período de dois anos.
Acontece que o povo de Israel preferiam que Davi comandasse naquela região, e ao invés de dar ouvidos a Isbosete, procuravam a Davi para solucionar seus problemas, criando uma inimizade entre Davi e Isbosete.
E o resultado, foi um grande confronto deixando muitas mortes, e naturalmente que os homens de Davi ergueram seus punhos comprovando a sua vitória.
Que a partir daquela época o exército de Davi crescia enquanto ao exército de Isbosete ia só diminuindo, e enfraquecendo.
E, em um destes confrontos, o irmão de Joabe, foi ferido de morte, e daí pra frente Joabe procurava uma maneira de vingar seu irmão.
Em vista do grande desempenho de Davi como rei, Abner o capitão do exército de Isbosete faz alianças com ele, e todo povo de Israel quer que Davi governe também em Israel.
Com essa aliança, trouxe muitos desassossego para o reinado de Isbosete, era um leva e traz, intermináveis, nestas alturas dos acontecimentos, Isbosete já havia perdido totalmente, a sua moral para com os seus soldados, e para com seu povo.
Joabe tinha Abner atravessado em sua garganta, e não iria descansar enquanto não cumprisse com seus intentos.
E quando Abner estava em reunião com Davi, Joabe que já maquinava um plano para vingar a morte de seu irmão, uma vez que havia morrido pelas mãos do próprio Abner, quando ainda era capitão do exército de Isbosete.
 Abner, já havia terminado a reunião e seguia rumo a sua casa, então Joabe manda seus homens abordá-lo e trazê-lo para um lugar deserto onde ninguém poderia servir de testemunha, com uma falsa história de que precisaria contar-lhe um segredo, e nessa conversação Joabe o ataca e o feri o de morte a traição.
-------------------- EJO ------------------------------ Continua

Saturday, June 21, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 91 " DAVI SÓ QUERIA O BEM A SAUL "


Tomou pois Davi a lança e a bilha (cantil) da água, da cabeceira de Saul e foram-se, e ninguém houve que o visse, nem que o advertisse, nem que o acordasse: porque todos estavam dormindo, pois haviam caído sobre eles um profundo sono da parte do Senhor  -  1ª Samuel 26 v 12

----------

Para provar que Davi não queria lhe fazer nenhum mal, o surpreendeu quando estava dormindo, e nem assim Davi aproveitou a ocasião, mas tirou lhe um pedaço de sua capa para lhe mostrar mais tarde e dizer para ele que não o feriu por que não quis, pois o considerava como se fosse seu pai.
Davi, homem temente a Deus, jamais tomaria qualquer atitude sem antes consultá-lo.
E Deus manda que ele saísse do meio do povo de Israel e fosse para junto do povo de Judá, onde foi aclamado Rei sobre o seu povo.
Nesta época Davi estava com duas mulheres, uma se chamava Aquinoã e a outra Jezreelita, e mais algumas família de sua estima que o acompanhava por muitos anos.
A primeira mulher de Davi, ele não pode levar, era filha de Saul, conquistada através de ordem absurda de Saul que concordaria em deixar que sua filha o esposasse se ele cumprisse com a tarefa de guerrear contra os filisteus.
Afinal de contas Saul só queria se ver livre Del, e o coloca em linha de frente contra os filisteus, na incumbência de lhe trazer como prova de missão cumprida cem prepúcios dos soldados filisteus.
Saul achava que seria impossível tal missão, por isso o escalou, na expectativa de que Davi não aparecesse mais a sua frente.
Como isso não aconteceu, foi obrigado, para manter a sua palavra de rei; e conceder o pedido de Davi
Mais tarde em represália contra Davi, tomou dele a sua esposa e dado a Fatiel, filho de Laís.
 Depois de alguns dias que Davi estava no comando como rei de Judá, veio lhe a noticia de que eram os homens de Jabes-Giliade que havia sepultado a Saul e Jônatas.
Davi queria de alguma forma retribuir, este grande gesto de coragem e bravura e envia mensageiros a cidade destes homens corajosos.
E os convidam, para se aliar aos seus homens fortes e valentes, e que naturalmente foram muito bem recompensados por este grande feito, de dar a Saul um sepultamento digno.

Uma vez que tiveram coragem para contrariar os filisteus, não deixando que os corpos de seus amigos fossem destruídos pelos animais do campo ou pelas aves de rapina. ------------ EJO ---------------  Continua

Friday, June 20, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 90 "DAVI LAMENTA A MORTE DE SEUS AMIGOS"


Como não temeste tu estenderes a mão contra um ungido do Senhor?
E sem piedade, manda que um de seus homens o fira de morte, e assim aconteceu.
O teu sangue seja sobre a tua cabeça, porque a tua própria boca testificou contra ti, dizendo: Eu matei o ungido do Senhor.
Mas aí fica a pergunta, qual seria melhor, a atitude que tomou ou deixar que Saul agonizasse até a morte?
Pois o único mal que o jovem apresentava, era ser filho de um de seus inimigos, mas não consta que havia participado da tal batalha.
Por outro lado Deus já havia determinado a Saul que exterminasse toda a raça dos amalequitas, e Saul não obedeceu as ordens de Deus.
Talvez Davi tenha pensado neste fato quando tomou a atitude de exterminar este rapaz.
Segundo o que a Bíblia relata, nos lamentos de Davi por causa da morte de Saul e Jônatas, que apesar de desobedecer às ordens de Deus, Saul era um homem querido pelo povo de Israel, principalmente pelas mulheres, pois lhes dava ornamentos de primeira qualidade e queria que elas se apresentassem da melhor maneira possível.
Em relação a Davi, então, o amor que existia entre eles era sincero como se fossem irmãos carnais, ao que se referia a Jônatas então era como carne e unha, o amor que sentiam um pelo o outro era tão grande que nem o amor por mulheres poderia ser comparado ao amor que sentiam um pelo o outro.
Por isso Davi lamentou profundamente as suas mortes.
Interessante notar que, mesmo com as agressões constantes de Saul para com Davi, ele não deixou de amá-lo, tanto que em plena perseguição de Saul, Davi jamais pensou em fazer-lhe qualquer mal.

 ------- EJO --------------- Continua

Thursday, June 19, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO Nº 89 " DAVI RECEBE A NOTICIA DA MORTE DE SAUL E DE SEU AMIGO JONATAS"

Tiraram os corpos de Saul e de seus filhos do muro, e os levaram para a cidade de Jabes e os queimaram e depois enterraram seus ossos, e jejuaram sete dias.
Depois da grande batalha dos filisteus contra Israel e depois de terem noticia da morte Saul; Davi estava voltando do seu confronto com os amalequitas, ficou dois dias em sua casa em Siclague.
Ao terceiro dia depois de sua chegada em sua cidade; um homem vindo do arraial de Saul, todo sujo de poeira com sua roupa que mais parecia um mendigo, lançou se a seus pés e se inclinou diante dele.
Davi faz um interrogatório, para saber em que terreno estava pisando e também para tomar as atitudes corretas, sem deixar margens que pudesse se arrepender mais tarde.
Depois de muito interrogar, e de muitas explicações, ainda era pouco e Davi queria saber mais, e um tanto desconfiado, indaga! Como sabes que Saul e Jônatas estão mortos?
Nos mínimos detalhes tudo foi esclarecido, quando este jovem chegou perto de Saul foi por acaso, e constatando que ele estava ferido por sua própria espada, quis ajudá-lo, porém Saul pede que o transpasse com sua espada e terminasse o que ele havia começado.
Analisando as condições de Saul, e vendo que ele não sobreviveria, e que se continuasse daquela forma ele ia sofrer muito, resolveu atender seu pedido, mesmo contrariando a sua vontade.
Então ele pegou todos os pertences de Saul e os trouxe para entregar a Davi, assim como a coroa a argola de ouro que estava em seu braço e outros utensílios.
Em sinal de luto Davi e seus homens rasgam as suas vestes, choraram muito e jejuaram por Saul e Jônatas e por todo povo do Senhor e pela casa de Israel, que morreram na batalha contra os filisteus.
O pobre homem, que trazia a noticia e os pertences de Saul, sem saber o que lhe espera, diz para Davi que era filho de um estrangeiro Amalequita.

Como Davi estava chegando de uma batalha justamente contra os amalequitas, e que os tinham atravessado em sua garganta, muda completamente o tratamento a aquele homem. --- EJO  ------------ Continua 

Wednesday, June 18, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 88 " DAVI AGE COM JUSTIÇA

Com muita sabedoria e muita calma, ele responde aos filhos de Belial; Não fareis assim, irmãos meus, com o que nos deu o Senhor, que nos guardou, e entregou a tropa, que contra nós, vinha em nossas mãos.
Os despojos serão divididos em partes iguais, porque eles não puderam viajar pelo seu cansaço, mas ficaram tomando conta da bagagem, e também eles são nossos irmãos, e de fibra como a qualquer um de nós, e em outras batalhas eles nunca mediram sacrifício e sempre estão dispostos.
E todos os despojos, foram distribuídos com justiça, e desta maneira, a partir desta data, era o lema de Davi, a justiça teria que predominar.
E, chegando Davi a Siclague, enviou do despojo aos anciãos de Judá, e outras cidades onde estavam seus amigos, dizendo: Eis ai para vós uma bênção do despojo dos inimigos do Senhor.
A morte de Saul e de seu filho Jônatas
Saul perde a batalha para os filisteus, e lança-se sobre a sua própria lança, tendo morte lenta e sofrida, o desespero tomou conta dele ao saber que seus filhos tinham sido abatidos pelos filisteus.
No dia seguinte, os filisteus voltam ao lugar da batalha para recolher os despojos dos perdedores, e encontram Saul e seus filhos mortos, cortaram a cabeça de Saul e recolheram tudo de valor que pudesse encontrar com os guerreiros de Saul.
A Cabeça de Saul serviu como um troféu da vitória dos filisteus contra os israelitas, para ser exibida diante de seu povo.
Os corpos de Saul e de seus filhos, foram colocados no muro de Bete-Sã.

Tão logo os moradores de Jabes-Giliade, tomaram conhecimento, do que os filisteus fizeram, os homens valorosos se levantaram e caminharam toda a noite para chegar até ao local, --- EJO  ---- Continua

Tuesday, June 17, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO Nº 87 " DAVI SAI EM BUSCA DAS FAMÍLIAS SEQUESTRADAS PELOS AMALEQUITAS "

Mediante o que Deus lhe falara, se encheu de ânimo e saíram, ele e os seiscentos homens que ainda restavam com ele.
Depois de uma longa caminhada, duzentos homens ficaram para trás, pois suas forças já não lhes permitiam a seguir com os demais.
Davi seguiu viagem com os outros quatrocentos homens, e pelo caminho encontrou um homem egípcio, trazido por alguns de seus homens, este homem foi abandonado à sua sorte, pois estava doente e já não era mais útil para os amalequitas.
Entendemos que este foi o propósito de Deus para que Davi pudesse alcançar os amalequitas.
Pois Davi o tratou com humanidade, dando lhe de comer e beber, pois já fazia três dias e três noites sem se alimentar, estava padecendo de fome e de sede.
Mediante a aquele trato, o tal egípcio, não sabia como agradecer a Davi, e se coloca a disposição para chegar até os amalequitas.
Davi ao chegar onde estavam os amalequitas, monta seu plano para atacar.
Neste momento estavam todos envolvidos em bebedeiras e comemorando com os despojos que tirou da cidade de Siclague, onde Davi e seus homens moravam, com suas famílias.
Estavam tão envolvidos que quando quiseram reagir, já não havia mais como fazer nada e foram pegos de surpresa.     
A noite toda foi um massacre total, escapando apenas os mais jovens, que Davi não fez questão em ir atrás deles.
Tudo que os amalequitas tinham tirado da cidade de Siclague, foram recuperados.
Os despojos dos amalequitas: seus filhos, suas mulheres, vacas ovelhas jumentos, nada ficou para trás, e os que ficaram descansando no outro lado do ribeiro, saíram ao encontro de Davi e dos que com ele estava, e juntando Davi a eles, com muita alegria foram recebidos,e dançaram e pularam, festejando a grande vitória.
O egoísmo torna as pessoas inconvenientes; alguns dos homens, que se juntaram a Davi, eram filhos de Belial, e seus procedimentos, nem sempre, conferiam com a vontade de Davi, e muito menos com a vontade de Deus.
Na hora de dividir os despojos dos amalequitas eles entram em ação querendo impor condições, e não concordavam em dividir com os homens que ficaram descansando e tomando conta da bagagem.
Davi era um homem, de muita fibra, e muito determinado, e sobre tudo era justo e temente a Deus, e não tomava nenhuma atitude sem antes, pedir sua orientação.

E esta sempre foi à razão da simpatia especial que Deus tinha por ele, e nas horas de sufoco e no seu dia a dia Deus estava sempre presente.   ------- EJO ----- Continua

Monday, June 16, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 86 " DAVI SE ALIA AOS INIMIGOS DE SAUL "

Davi se alia aos inimigos de Saul
------------------------

Davi e seus homens se juntaram com os guerreiros de Gate, e o rei Áquis lhe deu todo apoio, lhe oferecendo moradia permanente em Gate, e Davi, daí por diante passou a ser servo de Aquis e lutava bravamente por ele.
Os israelitas sob o comando de Saul estavam cada vez mais afastados do Senhor e praticavam os maiores absurdos, e Deus castiga os; colocando Aquis por seu inimigo, e Davi agora sendo servo de Aquis e batalha todas as batalhas a seu favor e Áquis se alia aos filisteus para lutar contra Saul.
Acontece que os príncipes dos filisteus não concordam com a participação de Davi, e pede a Áquis que os dispensem.
Áquis tenta convencê-los, dizendo que dava a Davi todo crédito, pois pelo tanto tempo que Davi esteve com ele deu para conquistar sua confiança.
As palavras de Áquis não foram suficientes, e Davi e seus homens tiveram que voltar.
Neste meio tempo a casa de Davi e de seus homens foram saqueadas:
Na volta pra casa, constataram que a sua cidade havia sido saqueada, pelos amalequitas, não mataram ninguém, mas levaram suas mulheres, filhos e filhas para serem seus escravos.
Mediante a triste constatação, se desmancharam em choro, choraram tanto até perderem suas forças.    
A falta de entendimento fez com que o povo acusasse Davi, por ele ter tirado todos os homens para batalha deixando somente as mulheres e as crianças, ficando presas fáceis para os amalequitas.
Com esta dedução, decidiram a apedrejar Davi, Davi angustiado com a decisão do povo, e até entende, pois como ele, todos  estavam todos amargurados.

Com toda humildade, clama ao Senhor Deus dizendo: Perseguirei eu a esta tropa? Alcançá-la-ei. E o Senhor lhe disse persegue-a, porque decerto a alcançarás e a tudo libertarás.  EJO ------- Continua

Friday, June 13, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 85 " SAUL SE ENVOLVE COM FEITIÇARIA "


Saul se envolve com feitiçaria

------------ 
Porque a rebelião é como o pecado da feitiçaria, e o porfiar é como a iniqüidade e idolatria  -  1ª Samuel  15 v 23 p/a

------------------------
Saul, mais uma vez contraria a vontade de Deus, e procura uma feiticeira, para saber o seu futuro, vestiu umas roupas estranhas para se disfarçar, e na companhia de dois homens, foram visitar  a feiticeira.
A feiticeira, ele pediu que adivinhasse que pelo espírito de feiticeira, que subisse quem ele dissesse.
Acontece que a feiticeira temendo ser uma armadilha, recusa em fazer tal trabalho, pois anteriormente Saul vivia na caça de feiticeiros, os adivinhos e os encantadores.
Em nome de Deus, Saul faz juramentos à feiticeira que não lhe faria nenhum mal.
Ela concorda e pergunta a quem deseja que eu faça subir? Samuel, responde Saul.
Como Saul estava disfarçado, ela não o reconheceu logo de imediato, mas quando Samuel aparece logo ela se deu conta que estava diante de Saul e gritou em alta voz, porque me enganastes, pois tu és mesmo Saul.
Não precisa temer o que tens visto? Ela disse: vejo deuses que sobem da terra. Ele pergunta como é a sua figura? Ela responde, vem subindo um homem ancião e está envolto em uma capa.
Entendendo Saul que se tratava de Samuel, dobrou seus joelhos e prostrou se diante dele.
Samuel disse a Saul porque me desinquietaste, fazendo me subir?
Saul angustiado, disse, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas e nem por sonhos, por isto te chamei a ti, para que me faças saber o que eu hei de fazer.
E Samuel dizendo; porque, pois a mim me perguntas, visto que o Senhor te tem desamparado, e se tem feito seu inimigo?
O que o Senhor tem feito para contigo, como pela minha boca te disse, e tem rasgado o reino da tua mão e o tem dado a teu companheiro Davi.
Como tu não destes ouvidos a voz do Senhor, e não executaste o fervor de sua ira contra Amaleque, por isso o Senhor te fez hoje isto.
E o Senhor entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo; (ou seja, também estariam mortos e sepultados) e o arraial de Israel o Senhor entregará na mão dos filisteus.
Mediante a tais palavras de Samuel, Saul caiu estendido por terra, e temeu grandemente.
E além do mais estava sem se alimentar o dia inteiro até a noite toda.
A feiticeira vendo a situação de Saul e que ele estava perturbado se compadece dele, e em recompensa por ele ter dado credito as suas palavras, oferece-lhe comida para que pudesse ter forças para seguir caminho.
Mas Saul se recusa e disse: Não comerei; mas os seus criados como também a mulher o convence, e aceita a oferta.

E depois de estarem todos fartos seguiram seu caminho. -------- EJO  -------- Continua

Thursday, June 12, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 84 " DAVI POUPA A VIDA DE SAUL POR DUAS VEZES "

Davi foge de Naiote, e se encontra com Jônatas, lamenta com ele a sua situação, pois não fizera nada para desabonar seu pai, e, no entanto era perseguido por ele o tempo todo.
Que fiz eu? Qual é o meu crime? E qual é o meu pecado diante de teu pai, que procura tirar-me a vida?
A situação de Davi, naquele momento não era nada agradável, pois o motivo que levara Saul a persegui-lo, não era nada mais e nem nada menos que ciúmes, pelos seus feitos, pois tudo quanto Davi fazia repercutia de maneira positiva para todos, e todos o elogiava, ao contrário disto, Saul era criticado.
Mas Jônatas tenta confortar Davi dizendo que tudo quanto seu pai fazia, primeiro ele o consultaria, e claro que Jônatas não iria concordar com tamanha ignorância, isto é o que Jônatas pensava, pois seu pai já não estava mais respeitando estas regras.
E a perseguição contra Davi era implacável, acontece que Davi estava nos planos de Deus para reinar Israel, e sempre o protegia.
Saul tinha em seu exército mais de três mil homens, mas com, a astúcia de Davi, ele conseguia ludibriar a todos e sempre escapava das armadilhas de Saul.
Saul, por duas vezes arremessa uma lança contra Davi e não conseguiu atingi-lo, ao contrário Davi, teve Saul em suas mãos por diversas vezes, e não quis fazer nenhum mal contra ele.
Na caverna onde estava refugiado, Saul faz o cerco com seus homens; anoitece e precisavam descansar, Saul dorme na intenção de que quando amanhecesse o dia, ele voltaria à busca de Davi, como disse; Davi era homem astucioso; chegou a Saul sem que ninguém percebesse, e tira um bom pedaço de sua capa, para depois mostrá-lo.
E Dizer para Saul que não o matou porque não quis sujar as mãos com um ungido do Senhor.
Tempos depois, em outra perseguição, Saul estava acampado a entrada da cidade; e viu Davi onde ele estava, e sua espada estava perto de sua cabeceira, cravado na terra, e seus comandados estavam deitados a seu redor.
O companheiro de Davi, contando vitórias a Davi, na expectativa que Davi o ferisse de morte, e Davi mais uma vez demonstra o seu caráter, e não consentiu que fizesse nenhum mal a Saul.
Porém, pegou sua lança que estava a seu lado, e disse a seu companheiro: nenhum dano lhe faça; pois ninguém que estendeu sua mão contra um ungido de Deus ficou inocente, e disse mais; Vive o Senhor, que o Senhor o ferirá, ou o seu dia chegará em que morra, ou descerá a batalha e perecerá.
Qualquer coisa poderia acontecer com Saul, mas, que não fosse através de suas mãos.
Saul reconhece a superioridade de Davi, pois sabia que Deus pelejava por ele, e quem poderia vencer alguém que tivesse sob a proteção de Deus?
Mesmos a contra gosto ou com segundas intenções, disse Saul a Davi: Bendito sejas tu meu filho Davi; pois grandes coisas farás, e também prevalecerás.
Depois destas palavras cada um segue em paz o seu caminho, Davi refletindo as palavras de Saul, disse em seu coração: Certamente ele continuará a me perseguir, e posso perecer em suas mãos, nestas alturas dos acontecimentos, não tem coisa melhor a fazer do que escapar o mais depressa possível.

Vou para as terras dos filisteus, quem sabe Saul esqueça esta perseguição e me deixe em paz e deixe de me buscar. ----------------- EJO ----- Continua

Wednesday, June 11, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 83 " MAIS UMA VEZ SAUL TENTA MATAR DAVI "

Saul então manda um mensageiro à casa de Davi, e mantivesse-o preso lá até pela manhã, quando deveria matá-lo.
Mical, a esposa de Davi, ouvindo as ordens de seu pai, sai imediatamente a avisar seu marido, para que ele pudesse fugir.
E usa de astúcia livrando o das mãos de seu matador, Davi fugiu pela janela, e Mical colocou uma estátua em seu lugar na cama, e pôs-lhe à cabeceira uma pele de cabra e a cobriu com um cobertor.
Pela manhã, Saul manda que seu mensageiro trouxesse Davi, e Mical disse, ele está doente.
Com a noticia da doença de Davi, Saul se alegra, e trata logo de agir, achando que agora Davi estava indefeso, manda seu mensageiro buscá-lo mesmo na cama, para matá-lo.
Logo que os mensageiros tentam pegar a cama onde supunham estar Davi, foi logo constatado, que nela só havia uma estátua e a tal pele de cabra à sua cabeceira.
Saul, indignado com sua própria filha, reclama porque me enganaste, deixando fugir meu inimigo? Quando Mical deu fuga a Davi ela estava evitando a morte do próprio pai, pois nestas alturas, a paciência de Davi também já havia esgotado, e ele não ia deixar barato mais outra tentativa de Saul.
Na fuga de Davi, ele foi parar na casa de Samuel em Ramá, e presta a Samuel relatório de todos os acontecimentos no reinado de Saul, inclusive a tentativa em matá-lo.
Samuel, e Davi foram para uma cidade chamada Naiote, em Ramá, e anunciaram a Saul que eles estavam ali.
Sabendo disto, Saul manda mensageiros buscar Davi, chegando lá, encontraram uma congregação de profetas reunidos, e Samuel presidia a reunião, e o espírito do Senhor estava sobre eles, ao chegar os mensageiros, o espírito do Senhor veio sobre eles também, e também profetizavam.
Saul manda outros mensageiros, e aconteceu tudo mesmo jeito, mandou outros e também profetizavam.
E assim chega a conclusão que ele mesmo deveria ir lá, não sabendo onde os encontrar saiu indagando uns e outros até chegar onde pretendia, quando estava nos arredores da congregação o espírito do Senhor veio sobre ele e começou a profetizar tal como os seus mensageiros.

E até chegar a Naiote, em Ramá, despiu se completamente e profetizou diante de Samuel, e esteve nu durante aquele dia e toda noite.  -------- EJO --------------- Continua

Tuesday, June 10, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 82 " SAUL MANDA MATAR DAVI "

Nas batalhas contra os filisteus, a cautela de Davi, sempre produzia bons resultados, pois conduzia todas as tática de guerra com prudência, cuidados esses que os servos de Saul não se preocupavam, e com isto seu nome era bem visto e estimado por todos.  
Saul, já não escondia mais o seu desafeto por Davi, e dá ordens para eliminá-lo. 
Jônatas, ao ouvir as ordens do rei, sai de imediato a procura de Davi.
A grande amizade que existia entre um e o outro, impediu o plano diabólico de Saul para matá-lo. Pois ao encontrar Davi, contou-lhe todo o plano de seu pai; e assim Davi pode se esquivar de suas armadilhas, e todo procedimento suspeito de Saul era de imediato transmitido a Davi, através de Jônatas.
Jônatas, ao voltar pra casa, chama a atenção de seu pai e disse lhe: Não peque o rei contra o seu servo Davi, porque ele não pecou contra ti, e porque os seus feitos te são muito bons.
Na batalha contra os filisteus, Davi colocou todo seu empenho e conseguiu os seus objetivos, pois a sua frente o Senhor da guerra o Senhor todo poderoso. O Senhor dos exércitos de Israel, e ele fez um grande livramento através de Davi, tu mesmo o viste, e te alegraste.
Porque, pois, pecarias contra o sangue inocente, matando a Davi sem causa?
Naquele momento Saul deu ouvidos a voz de Jônatas, e até parecia que era sincero o seu juramento, e jurou: Vive o Senhor que não morrerá
Jônatas acreditando em seu juramento vai até Davi e conta a ele o acontecido, e convence o a voltar com ele e a se encontrar com Saul em sua casa, na esperança que Saul retratasse a todo seu mau procedimento contra ele.
Nos primeiros contatos, tudo parecia normal, neste momento Davi precisou sair à batalha, pois os filisteus aproveitam a oportunidade para atacar, e em combate ferrenho a baixa contra os filisteus era uma coisa descomunal, e os que sobraram não tiveram alternativa senão fugir. 
Toda vez que Davi, voltava do campo de batalha trazendo a vitória em sua bagagem.
Saul se entristecia muito, porque queria se livrar de Davi a qualquer custo, e o espírito mau da parte do Senhor se apoderava dele; Davi estava despreocupado tocando sua harpa, e Saul mais uma vez tenta matá-lo com a lança, e como da outra vez se esquivou, e fugiu da presença de Saul. --- EJO -------- Continua

Monday, June 09, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 81 " DAVI TOMA A FILHA DE SAUL POR ESPOSA "

Porque toda criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças - 1º Timóteo 4 v 4

Em seus pensamentos, ele estava se redimindo da culpa de se livrar de Davi deixando a culpa para os filisteus.
Mas Davi se recusa em desposar a sua filha, e com toda simplicidade se colocando em posição inferior, e diz a Saul:
Quem sou eu e qual é minha vida e a família de meu pai em Israel, para vir a ser genro do rei?  
Assim sendo a filha de Saul ficou para outro pretendente, neste meio tempo a filha mais nova de Saul, se declara que amava Davi, e isto veio a calhar para os planos de Saul; em seu subconsciente, ele não escaparia das mãos dos filisteus.
Saul insiste, já que não deu certo a união com a filha mais velha, agora com a mais nova Davi não tinha como recusar, hoje serás meu genro.
A hipocrisia de Saul era tanta que deu ordens aos seus servos para falar com Davi em segredo, que ele o rei estava muito afeiçoado a ele, e também todos os servos de Saul o amavam, e insiste para que Davi aceitasse em ser genro do rei.
Vocês acham pouco ser genro do rei, sendo eu homem pobre e desprezível?
Não tendo uma resposta satisfatória, foram relatar a conversa ao rei.
Saul insiste, vão e dirão que o rei não tem necessidade de dotes, senão de cem prepúcios de filisteus, para se tomar vingança dos inimigos do rei.
A insistência de Saul é que seria a oportunidade para se livrar de Davi pelas mãos dos filisteus.
Os servos de Saul retornam a conversa com Davi trazendo dele a proposta, tal como Saul disse foi transmitida.
E Davi gosta da proposta e convoca seus homens à batalha, e o resultado foi positivo, pois à volta pra casa ele trouxe consigo duzentos prepúcios, o dobro do que Saul havia pedido.
Como a palavra de rei não pode voltar atrás, Saul entrega sua filha para ser mulher de Davi.
E mais uma vez Saul se conscientiza que Davi era protegido por Deus, e teme pelo seu reinado.
E Mical, filha de Saul o amava verdadeiramente, sabendo disto Saul o temia cada vez mais, tornando se inimigo declarado de Davi. --------- EJO -------------Contunua

Saturday, June 07, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 80 " A POPULARIDADE DE DAVI , PROVOCA CIÚMES EM SAUL "

Pela bravura, Davi caiu nas graças de todos, e em vista disso, Saul determina que ele assuma o comando dos exércitos de Israel.
A sua popularidade era tanta, que as mulheres, o tinham como muito especial, e saíram cantando, pulando e dançando pelas ruas em manifestação em confronto com o rei Saul, dizendo: Saul feriu os seus milhares, porém Davi os seus dez milhares.
Saul ao ouvir tal cantoria, se indignou e tomou por ofensa aquela manifestação, pois o que ouvira, feria profundamente a sua moral perante os seus servos, e perante todo povo, e com ciúmes de Davi, ele reclama: a Davi elas deram dez milhares e a mim somente milhares, na verdade o que lhe falta então, senão o reino? 
A partir deste dia, as considerações de Saul para com Davi, tiveram novos rumos.
A inveja de Saul pela popularidade de Davi mexeu profundamente com seu sistema nervoso, e uma crise daquelas fortes se apodera dele e o espírito mau da parte de Deus veio sobre ele, e ele profetizava, (isto é, já imaginava o que viria pela frente) andando de um lado para o outro dentro de sua casa.
Apesar da sua falta de educação para com Davi; Davi humildemente pega a harpa e começa tocar, para amenizar o sofrimento de Saul.
Saul esquece que Davi estava ali justamente a seu pedido, e tudo fazia para satisfazer sua vontade, tinha em sua mão uma lança e arremessa-a em direção a Davi na intenção de cravá-lo na parede.
Davi muito atento a todos os movimentos de Saul, não teve nenhuma dificuldade em se desviar da lança, por duas vezes.
Nestas alturas, Saul já havia se arrependido de ter nomeado Davi para comandante das tropas.
E começa refletir, tendo em vista que o Senhor estava com Davi e havia se retirado dele, pela sua desobediência, sabendo se que a atuação de Davi como comandante da tropa, estava sendo aceita por todos, pois ele os conduzia com prudência, e Saul já estava antecipando os acontecimentos e prevendo que o seu reino estava comprometido, faz de tudo para tirar Davi de seu caminho, primeiro ele oferece a mão de sua filha mais velha, achando que com a situação de genro Davi estaria nas mãos dele.

E sendo ele genro de Saul, Saul o colocaria em linha de frente nas batalhas contra os filisteus, com a desculpa mais esfarrapadas de estar guerreando a guerra do Senhor. --- EJO --- Continua

Thursday, June 05, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 79 " DAVI CORTA A CABEÇA DE GOLIAS "


Davi corta a cabeça de Golias
------------------------------------
 

Antes que o gigante pudesse acordar Davi corre, sobe em cima de seu peito com dificuldade tira-lhe a espada, e com ela corta a sua cabeça.

Nestas alturas dos acontecimentos, os guerreiros dos filisteus, vendo que seu campeão guerreiro de confiança estava morto, não olharam para trás e trataram logo de fugir.

Por outro lado os guerreiros de Israel, vendo o susto do lado oposto, aproveitaram a oportunidade para atacá-los, e só se via homens filisteus caindo pelas estradas.

Ao retornar os Israelitas da perseguição aos filisteus, estando tudo a sua mercê, não tiveram nenhuma dificuldade em saquear os despojos dos arraiais.

E como troféu, Davi trouxe a cabeça do gigante a Jerusalém para mostrar ao povo.

Acometido por uma amnésia Saul esqueceu quem era Davi, que vivia em sua casa a seu serviço, e que também tentou fazê-lo desistir de lutar contra Golias.

De longe Saul o admirava e vendo que Davi era um jovem destemido, que enfrentara o filisteu, que apesar de estar em sua casa fazendo lhe companhia, não sabia quem seria seus pais, e falando a Abner seu servo, chefe do exército; disse: de quem é filho este jovem?

Neste momento Davi estava vindo do campo de batalha, trazendo em sua mão a cabeça de Golias, e Abner aborda-o para levá-lo a presença de Saul.

De quem tu és filho jovem? Sou filho de Jessé o belemita seu servo. 

Estando Davi falando com Saul, pai de Jônatas; Jônatas o observa, o seu modo de tratar a sua determinação e a sinceridade em suas palavras.

E de imediato simpatizou com ele, fizeram boas amizades, amizades sinceras, daquelas que nos dias atuais podiam assim dizer, unha e carne.

A partir deste dia, as considerações de um pelo outro, era de dar inveja, tudo o que um precisasse do outro, o outro estava disposto a colaborar. ------ EJO ---------- Continua

Wednesday, June 04, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 78 " DAVI VENCE O GRANDALHÃO GOLIAS "


Davi, nesta época era um jovem ruivo, e de gentil aspecto, e muito social em sua comunidade, todos o admiravam pela sua dedicação e coragem no pastoreio das ovelhas de seu pai.

O brutamonte Golias ofendido disse a Davi: Sou eu algum cão para vires a mim com paus?           O gigante estava se referindo ao cajado que estava nas mãos de Davi.

Furioso, ele amaldiçoa Davi, pelos seus deuses, provocando a Davi, e disse: Vem a mim, e darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo.

Calmamente Davi responde com muita confiança, pois sabia que Deus estava com ele, e disse para o grandalhão.

Tu vens a mim com espada, com escudo, com lança; porém eu venho a ti em nome do Senhor dos exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.

 Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e ti tirarei a cabeça, e os corpos dos que estão no arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às bestas da terra, e toda terra saberá que há Deus em Israel.

E saberá também toda a congregação, que o Senhor salva não com espada, nem com lanças, porque o Senhor é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão.

 O gigante afrontado com aquelas palavras veio de encontro a Davi.

Davi sem temer e nem tremer e confiante na promessa de Deus, apressou-se a encontrar com ele.

Com sua funda em mãos, colocou nela uma pedra, girou a por cima de sua cabeça e arremessa-a e zháas!...

Acertando a pedra que havia colocado na funda, bem no centro da testa do gigante.

Desequilibrado, o gigante cai por terra, e assim Davi vence o gigante com uma funda e uma pequena pedra.
---------------------- EJO --------------- Continua

Tuesday, June 03, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 77 " DAVI DECIDE ENFRENTAR O GIGANTE GOLIAS "

Davi decide enfrentar o Gigante Golias
Ao aproximar de seus irmãos, e vendo que todos estavam em apuros, vendo e ouvindo as provocações de Golias, deixou todo suprimento e as ovelhas nas mãos do encarregado que estava com ele, e se prontificou a enfrentar aquele brutamonte.
Porém Saul tenta impedi-lo dizendo: Contra este filisteu, você não tem como lutar, pois você ainda é muito jovem, e ele é guerreiro desde a sua mocidade.
Davi, não se dá por vencido com as palavras de Saul e mostra a Saul, que ele teria capacidade de vencer aquele brutamonte, e conta a Saul como foi a sua luta contra o leão e o urso, e disse mais, o Senhor me livrou da mão do leão, também me livrará deste filisteu.  
Naquele momento era uma verdadeira discussão entre um e o outro, e nada fazia Davi desistir.
Saul entendendo que não adiantava discutir; providencia para Davi a roupa de guerra, achando que com isto o faria desistir, primeiro colocou em sua cabeça um capacete de bronze, que não era nada leve, depois, uma couraça de escamas para se proteger.
Depois de tudo pronto amarrou a espada em sua cintura, fazendo com que pendesse de um lado para o outro, num total desconforto e desequilíbrio.
Também com muita razão, pois Davi, nunca havia experimentado uma roupa de guerra, e com um peso além de sua imaginação.
Não posso andar com isto exclama Davi, e tirou tudo aquilo imediatamente.
Pegou seu cajado sua funda e saiu à beira do riacho mais próximo e pegou cinco pedras, não muito grande e colocou em seu alforje de pastor.
Pegou sua funda colocou nela uma das pedras, e foi se achegando para o grandalhão.
O filisteu por sua vez vinha em sua direção, e seu escudeiro ia a sua frente.

Indignado o gigante se ofende com a presença de Davi, pois esperava para o seu confronto alguém mais ou menos do seu porte em condições de luta, ao ver Davi, olha-o como se não houvesse ninguém a sua frente, faz o maior pouco caso dele; desprezando o com palavras ofensivas. --- EJO ------ Continua

Monday, June 02, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 76 " GOLIAS DESAFIA OS GUERREIROS DE ISRAEL

O guerreiro filisteu era o gigante Golias da cidade de Gate, tinha seis côvados e um palmo de altura, trazia na cabeça um capacete de bronze, e vestia uma couraça de escamas, que pesava cerca de quinhentos kilos (aproximadamente) feita também de bronze.
E trazia também por cima de seus pés (naturalmente muito bem protegidos) pontas de bronze bem afiadas, como também um escudo feito da mesma forma entre seus ombros, isto sem contar o exagero que era a sua lança.
No lugar onde ela batia, naturalmente fazia um grande estrago.
Contra seus inimigos ele usava todos estes apetrechos e, além disto, ainda levava a sua frente o escudeiro para lhe informar tudo o que viria pela frente, para não ser pego de surpresa.
Em provocação diária aos israelitas, Golias vinha todas as manhãs e a tarde, durante quarenta dias, para provocar e desafiar os guerreiros de Saul, e todas as vezes que ele aparecia o povo tremia de medo e fugia de sua presença.  
Golias insistia em sua provocação, dando a sua palavra de que se ele perdesse para quem o enfrentasse; o seu povo serviria de escravos para os seus opositores, e disse mais, escolhei dentre os seus melhores guerreiros um homem com capacidade para me enfrentar.
Saul ouvindo as ofensas de Golias, assim como todo povo se espantaram, e temeram muito.

Jessé pai de Davi, preocupado com os outros filhos que estavam no campo de batalha envia-o, para visitar seus irmãos, saber como estava as condições de cada um e também levar suprimentos para eles.
-------- EJO -------------- Continua