NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, July 31, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 119 -- "SALOMÃO REINOU POR QUARENTA ANOS, SEU FILHO ROBÃO ASSUME SEU TRONO"

O tempo de vida de Salomão foi como a de qualquer outro cidadão daquela época, seu reinado durou quarenta anos, mas cheio de grandes realizações.
Não foi por simples mérito que Salomão conseguiu conquistar a admiração do seu povo como também dos governos vizinhos.
Pois ele além de ser bem dotado em beleza, Deus o presenteou com sabedoria a ponto de a própria rainha de Sabá se apaixonar por ele.
Quando precisava de qualquer material, fosse lá o que fosse; madeiras, ouro, prata, bronze e muitos outros utensílios, ele os recebia com gratidão, eram tantos que dificultava fazer uma contabilidade de todas as oferendas.
Enquanto o reinado de Israel estava sob os cuidados de Davi, e seu filho Salomão, o povo sabia andar na presença de Deus.
Depois que Robão filho de Salomão assumiu o poder, ouve uma degeneração do povo que começaram a constituir ídolos para cultuarem, trazendo total desequilíbrio no seu reinado a ponto de Deus castigar Robão severamente.
Jeroboão e seu povo haviam sido expulsos do reinado de Salomão, e se refugiou no Egito, mais tarde quando Salomão já não estava mais no poder, foram induzidos a voltar, contando certo que seriam recebidos pelo novo rei, filho de Salomão, no pretexto de servi-lo segundo suas exigências.
Como Robão não podia dar uma resposta de imediato, estipula um prazo de três dias para a resposta.
E assim pede conselhos aos anciãos, pois naturalmente as pessoas mais idosas também têm mais experiências, e também conviveram com os problemas que causaram a expulsão daquele povo.
Os conselhos dado pelos anciãos, eram de bons tratos, e disseram: se tu fores benigno e afável com este povo, e lhes falarem as palavras boas e certas, todos os dias serão teus cervos.
Só que Robão ao invés de seguir os conselhos dos anciãos, foi procurar também outros conselheiros mais novos, que tinham pouca experiência.

E não deu outra, os conselhos dado, foram completamente inversos dos conselhos dos anciãos, que ao invés de recebê-los com amor e consideração, queriam que aumentasse mais ainda seu sofrimento.
---------------- EJO -------------------- Continua


A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 14 -- ABRÃO, TOMA HAAGAR COMO MULHER"


14

(Depois de muita conversa)

Melquisedeque -- Ótimo… Ótimo… Mas Abrão você está me devendo uma visita, gostaria que você fosse passar uns dias lá no palácio, tenho uns projetos importantes, para melhorar a qualidade de vida do meu povo, e gostaria de ouvir suas opiniões.

Abrão -- Sou um homem muito ocupado, mas a qualquer momento destes, quando você menos esperar, eu apareço por lá.
E terei muito prazer em ajudá-lo no que for possível e tenho absoluta certeza que vou utilizar de seus projetos para também poder ajudar meu povo, se a vossa majestade assim o permitir é claro.

Melquisedeque – E!... Sentirei muito prazer em poder ajudar sua gente, então, meu amigo, tenho que ir, mas espero que você não demore a aparecer por lá.

Abrão -- Pode me esperar (despede-se com um forte abraço) até breve meu amigo, que o Senhor nosso Deus, o Altíssimo, esteja te protegendo no caminho de volta.

Sarai -- (Espera um pouco para falar) É homem de valor este seu amigo, não é mesmo, parece muito consciente em suas afirmações.

Abrão -- Realmente é uma pessoa em quem se pode confiar, gostamos de dividir nossas idéias, e sempre nos damos muito bem.

Criado -- (entra com um cesto de frutas e legumes)
Pai Abrão, o senhor precisa ver como está, a nossa lavoura, parece milagre, tudo o que se planta desenvolve, de maneira que nunca vi antes, em lugar nenhum.
É uma maravilha; a nossa horta está produzindo tanto a ponto de não ter consumo de tudo que colhemos.

Abrão -- Sim meu jovem, é o poder de Deus que está no comando de tudo e se manifesta na vida de todos os que atentam por estar sempre ao lado dEle, é preciso que andemos sempre em comunhão com Ele, para que possamos sempre receber estas maravilhas.
                                                                           
Três meses depois.

Abrão -- Sarai, desde quando nos entendemos a respeito de Haagar, que você não a tem trado bem, o que está se passando?.
Tenho observado certo ciúme de sua parte, porque está insegura quando se fala o nome dela? Onde está àquela mulher forte, que diz não temer nada a nosso respeito, você não diz que confia em mim, e que nada vai atrapalhar a nossa união? Então!... Acalme-se.

Sarai -- (Desconcertada) Bem… Eu não queria falar, mas ela está grávida, está esperando filho seu; eu fiquei com medo de você me desprezar, por isto...

Abrão interrompe se mostrando surpreso

Abrão -- Haagar grávida?…Mas que noticia boa; estou muito feliz, agora posso ter a esperança de concretizar a missão que Deus me designou, de ser uma grande nação.
Mas você não precisa se preocupar, pois nunca passou pela minha cabeça desprezar você… ela só servirá para dar a luz a meu filho e nada mais.
Eu te amo muito pra tomar uma decisão absurda desta.
(Abraçando-a com carinho colocando o dedo sobre o seu nariz)… Se bem que você merecia um castigo, veja só, abandonar Haagar na hora que ela mais precisa de você.

Sarai -- Peço-te que me perdoe, isto é fruto do meu ciúme, da minha insegurança; por não poder dar a você o filho que tanto espera.
Mas te prometo que de agora em diante vou mudar meu comportamento, você pode ficar sossegado e ter a certeza que Haagar vai ser muito bem tratada.
Afinal de contas ela está carregando o seu herdeiro, e nada vai interromper a vontade de Deus, pois se Ele assim determinou temos que cumprir a qualquer custo a sua vontade.


Abrão -- Fico feliz em saber que posso contar com você; vá…Vai ajudar Haagar, ela está precisando muito de você, Háaa!... Não se esqueça o que eu lhe disse, pode confiar em mim   ---- EJO  ------- Continua 


Wednesday, July 30, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 118 "SALOMÃO HOMEM JUSTO E FIEL PARA COM DEUS E PARA COM SEU POVO"

Glórias e honras pertencem ao Senhor



Louvai ao Senhor e invocai o seu nome, fazei conhecido entre os povos os seus feitos.
Cantai-lhe, salmodiai-lhe atentamente, falai de todas as suas maravilhas
Gloriai-vos no seu santo nome, alegre-se o coração dos que buscam ao Senhor.
Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente.
Lembrai-vos das suas maravilhas que tem feito, dos seus prodígios e dos juízos da sua boca.
1ª Crônicas  16 v 8 a 12
---------
Ao terminar a oração, o fogo que desceu do céu consumiu o holocausto e os sacrifícios, e a glória do Senhor encheu toda casa, impedindo assim que os sacerdotes entrassem no templo do Senhor.
E os filhos de Israel, vendo descer o fogo e a glória do Senhor, encurvaram-se e com rosto em terra louvavam e glorificavam ao Senhor. Dizendo: Louvai ao Senhor porque é bom, porque a sua benignidade dura para sempre.
E assim, tanto o Rei Salomão quanto o povo de forma geral adoravam ao Senhor, oferecendo sacrifícios.
Pois aprenderam com Davi que bom era louvar ao Senhor, e em grande festa com os instrumentos feitos por Davi, não se cansavam em dar glórias a Deus.
Em homenagem e reconhecimento pelos sacrifícios do povo sabendo se que Deus estava aprovando toda manifestação; Salomão santifica a aquela área do meio do pátio, enfrente ao templo do Senhor, para que dali por diante pudesse receber todas as oferendas do povo pra casa do Senhor.
Os festejos duraram sete dias, e o povo não arredou o seu pé, permanecendo com o Rei naquela comemoração.
A multidão que com ele comemorava, estendia se desde a entrada da cidade, Hamate, até ao rio do Egito.
Todo povo tinha um carinho todo especial por Salomão, em vista de sua maneira de tratar e agir com as pessoas.

A sua vida foi composta de altos e baixos como a de seu pai Davi, e como Davi, Salomão teve suas falhas, e também como Davi ele jamais deixou de confiar em Deus e colocar as suas mazelas diante dEle, pedindo perdão sempre. Era fiel e justo para com Deus e seu povo. ----- EJO --------- Continua

             

TEMPLO DA IGREJA BATISTA DA PRAIA DA COSTA  --  VILA VELHA - ESPÍRITO SANTO BRASIL

A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 13 "MELQUISEDEQUE VISITA ABRÃO"

13

Cenas na casa de Abrão

Abrão -- Sarai; a muito tempo você me falou na possibilidade, de eu ter um filho com uma das criadas, eu reneguei esta ideia, porque não suporto a ideia de magoar você.
Mas em vista da situação, já estou chegando à conclusão de que você está certa, estamos cada vez mais velhos e o tempo está passando.
Como poderei ser pai de uma grande nação, se não tiver filhos? Mesmo sendo com outra pessoa?

Sarai -- Eu só estava esperando você se manifestar, vou hoje mesmo falar com Haagar, pra ela vai ser muito conveniente.
Pois assim estará garantindo o seu futuro, gosto muito dela, pois muito me ajudou quando estive aprisionada do Rei, e também sei que saberá cuidar muito bem, do herdeiro de seu trono.

Ouve-se alguém batendo a porta

Melquisedeque -- (fala ao mesmo tempo em que bate a porta) Abrão,… Abrão,… sou eu seu amigo, não está reconhecendo minha voz?

Abrão -- Por favor, Sarai, veja quem é. Eu acho que estou reconhecendo esta voz sim, se for o Melquisedeque mande o entrar logo…

Sarai -- Há… É o senhor, por favor, entre, entre, Abrão vai ficar contente com sua visita ele está repousando, entre, e fique a vontade.
Vou deixar vocês a sós, devem ter muito o que falar, mediante os últimos acontecimentos, e além do mais já faz um bom tempo que não se vêem, sinta-se em casa. (fala e sai)

Abrão -- Ora veja,… Há quanto tempo, que bons ventos o traz, sente–se e descanse, é um bom bocado de terra, entre seu reinado até aqui, e garanto que deves estar muito cansado, quais as novidades do seu reino que você veio partilhar comigo?

Melquisedeque -- Em primeiro lugar deixe-me tomar um fôlego, depois te conto tudo,

(Pausa para o fôlego) deixei meus servos lá fora, para que possamos conversar mais a vontade.
Não gostaria de ser interrompido por inconveniência de nenhum deles.

(Antes de se assentar, estende as mãos em direção a Abrão, abençoando-o)

Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, possuidor do céu e da terra, e bendito seja o Deus Altíssimo que entregou os inimigos em suas mãos,
E a Abrão que não aceitou as oferendas do rei, e que não quis nenhum lucro da batalha, deixando tudo para o rei; para que depois o rei não se gabasse, dizendo que o enriquecera.

Abrão -- Bendito seja você também: porque você também  é um ungido e protegido do nosso Deus Altíssimo, honra e gloria seja dado ao nosso Deus.

Melquisedeque -- Trouxe pão e vinho, para comemorarmos sua vitória, sei que a vitória só aconteceu porque Deus estava na frente te orientando em todas as suas decisões.


Sarai -- (Entrando) Eu também fiz pão sem fermento, vou buscá-lo, vamos nos alegrar na presença do Senhor nosso Deus, pois só Ele é merecedor de toda honra e toda glória. ------------- EJO --------- Continua


Tuesday, July 29, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 117 "SALOMÃO RECONHECE A SUA INSIGNIFICÂNCIA DIANTE DE DEUS, E ORA PEDINDO PELO SEUS POVO"

Palavras de Salomão:
E pus nela a arca em que está o concerto que o Senhor fez com os filhos de Israel
Para ser exemplo de todos, Salomão se ajoelha diante do altar e diante da arca do concerto do Senhor e ao povo de Israel ora fervorosamente ao Senhor, dizendo:
Ó Senhor Deus de Israel, não há Deus semelhante a ti, nem nos céus e nem na terra, que guardas o concerto e a beneficência aos teus servos que caminham diante de ti de todo seu coração.
Que guardaste ao teu servo Davi, meu pai, o que lhe falaste: porque tu pela tua boca disseste, e pela tua mão o cumpriste como vê neste dia.
Agora, pois ó Senhor Deus de Israel, guarda o teu servo Davi meu pai, o que falaste , dizendo: Nunca faltará de ti varão de diante de mim, que se assente sobre o trono de Israel; tão somente que teu filhos guarde seu caminho, andando na minha lei, como tu andaste diante de mim.
E agora, Senhor Deus de Israel, verifique se a tua palavra, que falaste a teu servo Davi.
Verdadeiramente habitará Deus com os homens na terra?
Eis que o céu e os céus dos céus não te podem conter, quanto menos esta casa que tenho edificado?
Atende, pois a oração de teu servo e a tua súplica, ó Senhor meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que teu servo ora perante ti.
Que os teus olhos estejam dia e noite, abertos sobre este lugar, de que disseste que ali porias o teu nome.
A oração de Salomão mostrava toda sinceridade de seu coração, e naturalmente que Deus atendia suas petições.

Em confirmação que Deus estava recebendo as petições de Salomão, Ele responde enviando fogo do céu em sinal de sua aprovação pelo que Salomão o invocava.  --------- EJO --------------- Continua


                TEMPLO DA PIB DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM  --  ESPÍRITO SANTO  --  BRASIL    
                        

A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 12 "ABRÃO RESGATA, LÓ, SUA FAMÍLIA E TUDO QUE LHE FOI TIRADO"

12

(Enquanto falavam...)

(É interrompido com a presença do rei Bera que é conduzido por quatro escravos)

Rei Bera -- Parem!... Parem aqui, preciso falar com Abrão

(Dirige a ele a palavra)

Louvado seja Abrão, conquistador da grande luta contra nossos inimigos. Eu sou o rei Bera, rei de Sodoma,

(Fala com certa arrogância, querendo se mostrar muito importante, dirig-se a Abrão).

Declaro que por causa de sua coragem valor, e sua astúcia, você deverá receber as merecidas honras e recompensas, pela vitória contra nossos inimigos, o rei tem a honra de premiar o bravo guerreiro e chefe da tribo.

Abrão -- Eu não quero nada disto, eu lutei apenas para libertar meu sobrinho e sua família das garras destes ignorantes, eu não sei por que, os reis se desentendem e nós é que ficamos no prejuízo, acho que deveriam ter mais responsabilidade e não sacrificar pessoas inocentes.

Rei Bera -- (desconcertado, com indignação)… Não quer nada mesmo?

Abrão -- Eu juro pelo Senhor do universo, criador do céu e da terra, que não pegarei uma só tira de couro se quer das sandálias daqueles infelizes!… Perdedores desta batalha; são todos seus.

(Viram as costas pro rei e vai saindo).

Rei Bera -- Você não está se esquecendo de nada, você sabe que agora seu povo está livre?

Abrão -- É… Graças a mim e a meu Deus; se dependesse de você a estas horas já estáriamos todos mortos.

(Dirige se a Ló)


Agora sim, estamos todos livres para trabalhar e sonhar e viver em paz,

(Coloca a mão no ombro de Ló e diz)

Agora você pode ir em paz e cuide bem de sua família, qualquer hora desta eu apareço por lá, pra ver como está a sua fazenda de gado.

Ló -- Obrigado meu tio, nunca vou esquecer tudo isto; tudo que passamos foi muito sofrimento, mas agora estamos livres, como o senhor, disse para sonhar e vivermos em paz, estarei aguardando a sua visita. (saem, primeiro os de Abrão depois os do Rei) Fecha a cortina  --- EJO ---------------- Continua

                   



Monday, July 28, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 116 "GRANDE FESTA NA INAUGURAÇÃO DO TEMPLO FEITO NA ADMINISTRAÇÃO DE SALOMÃO"

Festa de inauguração do templo do Senhor



Celebrai com júbilo ao Senhor, todos os moradores da terra.
Servi ao Senhor com alegria, e apresentai-vos a Ele com canticos, sabei que o Senhor é Deus: foi ele e não nós que nos fez povo seu e ovelhas de seu pasto.
Entrai pelas portas dele com louvor e em seus átrios com hinos, louvai o e bendizei o seu nome.
Porque o Senhor é bom, e eterna a sua misericórdia, e sua verdade estende-se de geração em geração Salmo 100 v 1 a 5

-------

Uma grande reunião do povo de Israel, se ajuntam para a grande festa de inauguração do templo, onde fizeram sacrifícios de animais.
Foram tantos que não tiveram como prestar um relatório de quantos sacrifícios fizeram.
Aproveitando a reunião do povo; Salomão os abençoa e dá graças a Deus dizendo:
Bendito seja o Senhor Deus de Israel, que falou pela sua boca a Davi, meu pai; e pelas suas mãos o cumpriu, e disse: Desde o dia em que tirei meu povo da terra do Egito, não escolhi cidade alguma de todas as tribos de Israel, para edificar nela uma casa, em que estivesse nela o meu nome, nem escolhi homem algum, para ser chefe do meu povo de Israel.
Porém escolhi Jerusalém, para que ali estivesse o meu nome; e escolhi também a Davi para que tivesse a cargo do meu povo Israel.
Também Davi meu pai, teve no seu coração o edificar uma casa ao nome do Senhor Deus de Israel.
Porém o Senhor disse a Davi, meu pai: Porquanto no teu coração o edificar uma casa em meu nome, bem fizeste ter isto no teu coração.
Com tudo não edificaras a casa, mas teu filho que há de proceder de ti, esse edificará a casa em meu nome.

Assim confirmou o Senhor a sua palavra, que ele falou; porque eu me levantei em lugar de Davi, meu pai, e me assentei sobre o seu trono o trono de Israel, e edifiquei a casa ao nome do Senhor Deus de Israel.
--------------- EJO -------------------- Continua

                

TEMPLO DA PIB DE LINHARES --  LINHARES ESPÍRITO SANTO - BRASIL

A GRANDE PROMESSA CAPÍTULO 11 "DESENTENDIMENTO ENTRE OS PASTORES"

10

Anos depois, já nas dependências de Abrão, mais precisamente no curral, havia uma discórdia, entre os pastores de gado de Abrão e Ló.

Primeiro pastor -- Você não devia maltratar tanto assim seu animal, se Ló souber ele não vai gostar de ver o que você está fazendo.

Segundo pastor -- Não quero palpites de outro pau mandado, que nem eu mesmo; você anda se metendo muito comigo, qualquer dia destes eu perco a cabeça, e você pode se dar muito mal comigo, cuide de sua vida e me deixe em paz, da minha vida cuido eu, não se meta.

Primeiro pastor -- Eu não tenho medo de cara feia, mas você precisa ser um pouco mais educado, só queria te dar um alerta, você precisa ter mais paciência em seu trabalho.
Seu animal não tem culpa nenhuma de seus problemas, não queira descontar seus fracassos em cima de quem não sabe se defender e de mais a mais o tempo que você está perdendo com suas ignorâncias, já teria terminado suas obrigações.

Segundo pastor -- Chega, não quero ouvi-lo mais; você é um intrometido, um tremendo de um puxa saco, está querendo fazer média com Ló, o que você ganha com isto, será que você ganha mais que eu por causa desta puxação?

Primeiro pastor -- Eu só gosto de fazer as coisas certas, e não me arrependo por isto, eu não trabalho para puxar ninguém.
Mas gosto de fazer minhas obrigações, de maneira a não deixar margem para que ninguém me chame à atenção, por uma coisa banal.
Afinal de contas se não estou satisfeito com meu serviço, tenho que falar é com o patrão, mas nunca descontar minhas frustrações em cima de outro.

Segundo pastor -- (em tom de ameaças) Suma daqui, não quero ver sua cara por aqui, se você cruzar meu caminho novamente, juro que lhe mato, fique com sua dedicação fajuta e vai, a....

(É interrompido por Eliezer)

Eliezer -- Chega de discussão, se Abrão souber ele vai castigar os dois, já há muito tempo que venho observando os dois e tenho notado que não estão se entendo, e podem ser castigados por isto.

Abrão -- (entra em cena) Não quero que os nossos problemas sejam resolvidos a custa de violência, nem de sangue derramado, (dirige a Eliezer)…vá chamar Ló, quanto a vocês dois, vá cuidar de suas obrigações e não me arranjem mais problemas !... (os dois saem)

Ló -- (entrando) Mandou me chamar meu tio? Vim logo que recebi a noticia da briga dos pastores, quem começou?

Abrão -- Quem começou isto não importa, nossos pastores estão brigando muito, e estão sempre se desentendendo, precisamos tomar providências urgentes, para não causar um mal maior, o que você me sugere?

Ló -- Meu tio Abrão, eu já havia notado as indiferenças entre nossos pastores, mas ainda não tinha visto nada sério, mas pelo que Eliezer me falou desta vez, foi muito desagradável; o que podemos fazer? Só se…

Abrão -- Só se o que?… Termine…

Ló -- Bem, nosso gado tem aumentado muito graças a Deus, e estou vendo que nossos pastos estão ficando pouco, será que não está na hora de separar-mos? Mas isto se o Senhor estiver de acordo.

Abrão – É!… Pra dizer a verdade, eu já havia pensado nisto também e vejo que chegou o momento.
Pois bem, você pode escolher as terras que quiser; se escolheres a minha direita eu vou para esquerda.
E se a esquerda escolher, para direita eu irei, pra mim não faz diferença, pois o meu Deus vai estar comigo onde eu estiver.

Ló -- (Olha pra direita, olha para a esquerda e decide)… Da mesma maneira penso eu, mas já que o senhor me deu a oportunidade de escolher, vou ficar com estas terras das campinas do Jordão, pros lados de Sodoma.


Abrão -- Pra mim tudo bem, eu fico aqui pelas bandas de Canaã mesmo, podemos então começar a dividir nossas coisas e nossos gados, e que o nosso Deus nos ajude nesta decisão. 
----------------- EJO ------------------ Continua

                          


Friday, July 25, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 115 "O TEMPLO FEITO NA ADMINISTRAÇÃO DE SALOMÃO, FICOU MUITO ALÉM DA EXPECTATIVA

Termino da construção do templo do Senhor


Tudo pronto conforme a planta, segundo o desejo de Davi seu pai, em fazer o melhor possível para agradar a Deus.
É importante observar, que tudo quanto foi feito,  foi com muito amor, com maior cuidado e com arte, mostrando o prazer em servir na construção da casa do Senhor.
Tanto as paredes do templo quanto o chão onde pisavam fora revestido em ouro, prata bronze e outros materiais de primeiríssima qualidade.
A parte exterior, ou seja, as paredes foram todas decorada com anjos e suas cornetas, tudo entalhados nas paredes.
As paredes internas, também decoradas, mostrando a grandeza de Deus com toda sua exuberância.
O altar então onde foi colocada a arca, todo feito a base de metal puro, para resistir as adversidades do tempo, enchiam os olhos dos admiradores, as estátuas de dois anjos imensos, suas asas enormes juntavam uma a outra por sobre a arca, também para proteger a arca contra as adversidade do tempo, pois este altar foi construído no pátio do templo, para que todos tivessem facilidade em reverenciá-la.
Depois da arca no seu devido lugar, Salomão, ordena para trazerem todos os pertences da casa do Senhor que estavam guardados em cabanas.
Assim como, os vasos de ouro, os castiçais com suas lâmpadas, e outros pertences.

Além disto, Salomão fez, maior quantidade de vasos, para as dependências do templo, mas fez também vasos especiais exclusivamente para dentro do templo, todos a base de ouro, assim como também o altar do templo era de encher os olhos. ----------- EJO ------------------ Continua


TEMPLO DA PIB DA PRAIA DO CANTO - EM VITÓRIA ESPÍRITO SANTO - BRASIL




A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 09 "CAPÍTULO EMOCIONANTE, NÃO PERCA"

09

Cenas nos aposentos do Rei, o rei alucinado se descabelando, num desespero total andando de um lado para outro, como um louco dando gritos de horror, assustando até os moradores mais afastados.

Abrão -- (Pensando alto e se gesticulando). Estou preocupado com Sarai , será que ela está sabendo o que está se passando, será que ela está bem?
Se tudo correr bem, prometo para o meu povo, melhorar as condições de vida de todas as famílias, acho que o meu Deus vai aprovar minhas intenções.

(Chegando aos aposentos do Rei)

Mandou me chamar majestade, em que posso servi-lo, o que se passa?

(Fala como quem já soubesse o que estava acontecendo, colocando um pouco de cinismo em suas palavras)

Rei -- O seu Deus me castigou severamente!... Sinto dores horríveis, a minha cabeça parece que vai explodir!... Aí!... Isto só pode ser por eu ter tomado Sarai.
O que é isto que você me fez, porque não disse que era casado com ela? Porque fez isto comigo?

(O Rei humilhado implora para Abrão que intercedesse por ele, para se livrar daquele terrível mal). (colocar emoção)
Por favor, peça o seu Deus para retirar de mim este mal, eu já não suporto mais tanta dor, me sinto ofendido e humilhado, mas peça o, por favor.

Abrão -- Vossa majestade acha que foi ofensa o que eu fiz, mas para o meu Deus, é ofensa muito maior, matar os maridos para ficar com as esposas deles.
Existe muita coisa que eu não tenho certeza ainda, mas de uma coisa eu tenho absoluta certeza que o meu Deus não mandou que ficasse com ela e por isto está sendo castigado.
Eu e Sarai fomos feitos um para o outro e ninguém vai mudar isto.

Rei -- Eu sei!... Eu sei!... E estou profundamente arrependido, e não quero mais desafiar o seu Deus.
Eu aprendi muito com você Abrão, e que tudo isto sirva de lição, para mim, para nunca mais repetir estes erros.
E de agora em diante tudo aqui vai mudar, leve sua mulher e as escravas que designei para servi-la, elas poderão lhe ser muito útil, vai em paz, ninguém vai importuná-los.
Os meus soldados irão escoltar vocês até as terras onde vão morar, e espero que não seja esta a única vez que nos vemos, pois apesar de tudo ainda quero conviver um pouco mais contigo para aprender mais a respeito do seu Deus.

Realmente naquele reinado houve uma transformação radical para melhor, era tudo que o povo queria.

Já não havia mais torturas, e nem trabalhos forçados, a alimentação era farta e o respeito imperava na vida de todos, todos tinham respeito um pelo o outro e a felicidade era visível no semblante de cada um.
----------------- EJO ---------------- Continua 


Thursday, July 24, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 114 "SALOMÃO, HERDA O TRONO DE DAVI"

Sei que o Senhor Deus de Israel me escolheu entre meus irmãos, para que eu pudesse reinar em Israel eternamente, e este privilégio ele não me retirou, pois a mim me destes muitos filhos, e deles sairão muitos outros, perpetuando assim, o meu reinado.
E ele escolheu meu filho Salomão para se assentar no trono do reino do Senhor sobre Israel, e o Senhor disse mais: Teu filho Salomão edificará a minha casa e os meus átrios, porque o escolhi para filho e eu lhe serei por pai.
E estabelecerei o seu reino para sempre, se perseverar em cumprir os meus mandamentos e os meus juízos, como até os dias de hoje.
Agora, pois, perante os olhos de todo o Israel, a congregação do Senhor, e perante os ouvidos do nosso Deus, guardai e buscai todos os mandamentos do Senhor vosso Deus, para que possuais esta boa terra, e façais herdar a vossos filhos depois de vós, para sempre.
Falando diretamente a Salomão: E tu, meu filho Salomão, conhece o Deus de teu pai e serve o com um coração perfeito, e com uma alma voluntária; porque o Senhor conhece todos os corações, e entende todas as imaginações dos pensamentos, se o buscares, será achado de ti; porém se deixares, rejeitar-te-á para sempre.
Olha, pois agora, porque o Senhor te escolheu para edificares uma casa para o santuário; esforça-te, tenha bom ânimo e faça a obra.
Ao terminar seu discurso, passa para Salomão a planta de tudo quanto gostaria que ele construísse para o melhor da casa do Senhor.
Davi tinha um amigo muito precioso, e de alto conceito, que o ajudou muito nos preparos dos matérias que agora estava a disposição de Salomão.
Hirão o Rei de Tiro, tinha uma apreço todo especial por Davi, estava envolvido na construção do Templo, mesmo sendo administrado por Salomão fez questão em dar a sua contribuição, que não foi pouca coisa, muito ouro, muita madeira de cedro bem preparada para cada setor, cobre bronze e muitas outras coisas, mais os profissionais de cada área de serviço.
Depois que Hirão atendeu o pedido de Salomão, faz uma ocorrência por escrito dizendo:
O Senhor ama o seu povo, e te pôs sobre ele rei. Bendito seja o Senhor de Israel que fez os céus e a terra, o que deu ao rei Davi, um filho sábio e de grande prudência e entendimento, que edifique a casa do Senhor, e a casa para o seu reino.
 Todo material no local da obra, não lhe faltava mais nada para Salomão dar inicio a construção da casa do Senhor, onde poderia guardar a arca com segurança.
O local escolhido para construção da casa do Senhor foi em Jerusalém, no monte de Moriá onde o Senhor se tinha mostrado a Davi, seu pai.

A construção teve seu inicio no dia, dois de fevereiro do ano quarto do seu reinado, sete anos e seis meses, foi o tempo que gastou para que tudo ficasse pronto.  ------ EJO  ------------------------ Continua

TEMPLO DA PIB DE VITÓRIA  - VITÓRIA ESPIRITO SANTO - BRASIL


A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 08

08

Cenas no pátio do palácio

Abrão -- Ló, deve Haver um jeito de tirar Sarai de lá, Eliezer venha, vamos nós três traçar um plano.
Ló procure saber quantos guardas tem de plantão; Eliezer prepare os homens, e vamos tirá-la de lá; mas com cuidado, porque Sarai não pode correr nenhum risco.

(enquanto isto Nicanor entra em cena trazendo um criado ferido até Abrão) (usar a criatividade)

Nicanor -- Pai Abrão, este rapaz, foi separar uns animais que estavam brigando, e acabou sendo pisoteado por eles, parece que ele está muito machucado, preciosa de socorro urgente.

Abrão – (depois de examinar o rapaz) Levem-no até a cabana das mulheres, elas têm o ungüento para por em suas feridas e estão preparadas para estes tipos de casos, (volta à conversa anterior)... Agora vamos voltar ao nosso plano de resgatar a Sarai.

Eliezer -- Abrão, pense um pouco mais; não devemos nos precipitar agora, você é responsável por toda essa gente, e como você mesmo disse; Deus não te prometeu uma grande nação? E abençoarias todos que te abençoar e amaldiçoaria todos que te amaldiçoarem, então Abrão confia Nele.

Abrão -- É Eliezer, apesar de estar tão pouco tempo entre nós, está se mostrando que posso confiar plenamente em você! Você está coberto de razão; parece que eu estava num sono profundo e eu estava sonhando, foi bom você me acordar, obrigado; mas agora quero ficar sozinho com minha dor (Passado alguns momentos o rei começa uma gritaria, como se tivesse alucinado).

Eliezer -- Você ouviu Abrão, os gritos do rei, quem sabe não é o nosso Deus se manifestando!...É como eu sempre digo quem pode como nosso Deus? O Deus verdadeiro o Altíssimo o único.

Abrão -- Não tenho a menor dúvida, fico feliz em ver que você está se referindo ao nosso Deus assim desta maneira!… Vamos aguardar os resultados.

(Não passou muito tempo o criado do rei entra em cena ofegante e apressado)

Criado do Rei -- A vossa majestade o rei parece que está ficando louco, está como um possesso pulando e batendo a cabeça na parede, tentando amenizar a dor que está sentindo.
Eu não sei o que aconteceu com ele, mas, desde a hora que o Sr. Abrão saiu de lá que ele não tem sossego e está chamando o senhor com urgência.

Eliezer -- Cuidado Abrão, com as reações do rei ele está desesperado, já vi casos de loucura que acabaram em mortes.

Abrão -- Vocês não precisam se preocupar saberei como lidar com ele, ou vocês esqueceram que o meu Deus está comigo...  EJO  ------------- Continua





Tuesday, July 22, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 113 "DAVI SE PREOCUPA EM ABRIGAR A ARCA DO SENHOR"

Para que a arca do concerto do Senhor, e os vasos sagrados de Deus se tragam a esta casa que se há de construir ao nome do Senhor.
Naturalmente, diante do apelo de Davi aos príncipes; teve efeitos positivos, porém ainda faltava uma coisa muito importante, o trono de Davi ainda estava sob sua responsabilidade e logo toma a iniciativa de resolver este impasse, transferindo o seu reinado para seu filho Salomão.
Como diz a palavra de Deus, Davi já era velho e cheio de dias e fez Salomão seu filho rei sobre Israel.
Convoca todos os príncipes e sacerdotes os capitães dos exércitos, os seus fiéis e valentes  combatentes e todos aqueles responsáveis por cargos importantes de seu reinado.
Para assim transferir o seu trono a seu filho Salomão, e aproveita a ocasião para dar conselhos a seu povo e principalmente seu filho Salomão que assume a responsabilidade do trono.
Davi, ao notar que todos os seus convocados já estavam presentes, se coloca de pé e começa seu discurso, dizendo:   
Ouve-me irmãos meus e povo meu, em meu coração, propus eu em edificar uma casa de repouso para a arca do concerto do Senhor.

Já havia preparado todo material para a obra, mas o Senhor me tira esse privilégio, e me proíbe em continuar a construção em seu nome, por eu ser um homem de guerra, e naturalmente muito sangue derramei.
----------- EJO -------------------- Continua


TEMPLO DA PIB DE ARACAJU  -- SERGIPE - BRASIL  

A GRANDE PROMESSA --- CAPÍTULO 07

07

(Fica o grupinho de homens conversando, nisto chega o príncipe do rei)

Príncipe do rei -- Quem é o responsável pela caravana?

Ló -- É o meu tio Abrão (Apontando para Abrão).

Príncipe -- É você que é o Abrão, que está querendo falar com o rei?

Abrão -- Sim, nós somos novos aqui nestas terras e queria pedir permissão ao rei, para habitar ao sul destas terras com meu povo.

Príncipe -- Sim; venham comigo, vou levá-los ao rei.

(Abrão Sarai e Ló acompanham o príncipe, ficando em cena Nicanor e Eliezer)

Nicanor -- Geralmente quando se tem algum novato, no grupo sempre tem algumas dissensões por causa dele, quero alertá-lo, pra você saber como agir, caso aconteça alguma coisa.

Eliezer -- Fico grato, por se preocupar comigo, não vai se arrepender disto, (pausa) vamos até a entrada do palácio ver o que está se passando por lá!…(saem)

(O rei assentado no trono, mostrando a ostentação que lhe é peculiar, conversa com um de seus súditos…)

Rei -- Como são essas gentes, que vem do sul e que quer falar comigo?

Súdito -- É um povo de boa aparência, que apesar de estarem cansados da viagem, estão vestidos descentemente, parecem ser gente boa.

Rei -- E tem muitas mulheres entre eles? Procure saber, e me traga o relatório.

Súdito -- Sim majestade, vou verificar isto, e volto já, já. (sai volta alguns minutos depois, trazendo algumas mulheres, mas antes o príncipe chega com Abrão, Sarai e Ló)

Príncipe -- Aqui estão majestade, o líder do povo mais os seus companheiros, que estão habitando as terras do sul.

Rei -- Muito bem agora você já pode se retirar. (dirige-se a Abrão)… Muito bem; o que os trazem até a mim? (enquanto conversam, não tira os olhos de Sarai)

Abrão -- É que nós somos recentemente, chegados a esta região, e queríamos pedir permissão para habitar as terras do sul.

Rei -- Vê se que és homem precavido, e pela sua postura, nota-se que é homem de bem, e esta mulher que está contigo quem é?

Abrão -- É minha irmã Sarai!… Ela me é muito útil, na administração do meu povo.

Rei  -- (Demonstrando um interesse especial por Sarai)
É… Sua irmã é realmente muito bonita, e com as qualidades que tem, resolvi agora, ficar com ela.

Abrão -- Mas… Majestade… Que brincadeira é essa? (O rei corta rispidamente)

Rei -- Não me interrompa; continuando, receberás algumas ovelhas gados e camelos para começarem a vida aqui, receberá também carroças, tendas, sementes e alimentos.
Terão pastagens para o gado e terão de obedecer às ordens deste reinado, (faz uma pausa) sua irmã agora faz parte deste reinado; agora podem ir.

Neste momento o súdito chega com as outras mulheres

Abrão -- Mas majestade nós temos tantas outras mulheres, e o senhor escolhe justamente a que mais me serve; como lhe disse ela é o meu braço direito no comando deste povo.

Rei -- Não tem mais e nem meio mais, eu quero ela e pronto, foi por isto que lhe ofereci todos estes bens, agora retirem-se é uma ordem.


Abrão -- Sim senhor. (e se retira cabisbaixo indignado)  --------------- EJO ------------ Continua


Monday, July 21, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 112 "Preparativos para construção do templo do Senhor"

Uma cousa pedi ao Senhor, e a buscarei: que eu possa morar na casa do Senhor, todos os dias de minha vida. Para contemplar a formosura do Senhor e aprender no seu templo Salmo 27 v 4 

------------   Os anos se passaram e Davi já não era mais moço, pelo contrário já estava de idade bem avançada, tinha em sua mente que precisava construir o templo do Senhor, mas o Senhor, não permite, pois Davi era homem de guerra e muito sangue fora derramado através de suas mãos ou pelo seu mando.

Assim encarrega os seus servos, como também os estrangeiros que estavam ali nas terras de Israel pra ajudar na tarefa de preparo dos materiais a serem usados na obra.
Deus não permite a Davi, mas faz promessas de abençoar o seu filho, e dar condições a ele para fazer a obra que Davi tanto sonhara.
A recomendação de Davi para com Salomão, dizia assim: Agora pois meu filho, o Senhor seja contigo, e prospera, e edifica a casa do Senhor teu Deus, como ele disse a seu respeito.
Ele te dará prudência e entendimento, e vai te ensinar também como agir e lidar com o povo de Israel; e isso é para guardar a lei do Senhor teu Deus.
E prosperará se tiverdes o cuidado de fazer os estatutos e os juízos que o Senhor mandou a Moisés a respeito do povo de Israel.
Portanto esforça-te e tenha bom ânimo, e não tenhas medo porque o Senhor é contigo.
Davi completa, dizendo que uma grande parte do material necessário para a obra já estava à disposição para que ele pudesse começar a construção do templo, como também os profissionais competentes para cada setor, já estavam todos aguardando o momento certo pra dar inicio a obra.
Mais ainda, Davi deu ordens a todos os príncipes de Israel, para que ajudassem Salomão .
Assim diz ele aos príncipes: Por ventura não está convosco o Senhor vosso Deus, e não é Ele que tem sustentado o seu povo?
Também sabeis que Deus colocou todo povo em minhas mãos, para que eu reinasse sobre eles?
E toda terra o Senhor abençoou.

Agora é chegada a hora em que precisamos mostrar e reconhecer o quanto Deus tem feito por nós, dispõe pois agora o vosso coração e a vossa alma, para buscardes ao Senhor vosso Deus, e faça a sua parte na edificação do santuário do Senhor Deus.   -------------- EJO ---------------- Continua


A GRANDE PROMESSA --- CAPÍTULO 06

(no céu as nuvens vão se desfazendo lentamente, quando Senhor termina de falar)


(mais tarde)

Sarai -- (chega Sarai até Abrão, e olha para o altar)… É ficou uma beleza o altar do nosso Senhor; vim trazer alguma coisa pra você comer, deve estar com fome. (entrega o almoço e ajoelha frente ao altar) o Senhor nosso Deus seja engrandecido, pois sei que ele é misericordioso e justo e atende as nossas suplicas, louvado seja o seu nome. (faz uma reverencia e se levanta).

Abrão -- É o que eu digo você é mesmo muito especial, agradeço a Deus a todo o momento, pela mulher maravilhosa que me concedeu.

Sarai -- Assim você me deixa sem graça, tudo o que faço, faço com prazer, porque além de te amar muito, sei que o nosso Deus não falha nunca em suas promessas, sou muito feliz por isto.

Abrão -- Sei que tudo que falou, é verdade e é por isto que nunca me camço de falar o quanto eu te amo.
Sarai, nós precisamos ir até ao Egito para dar satisfação ao rei, justificar a nossa presença aqui, mas estou preocupado pois o rei  desta região tem fama de matar os homens casados, para ficar com suas esposas.

Sarai -- (brincando bem humorada) Quanto a mim, você não precisa se preocupar, eu não sou do tipo de mulher que agrada ao rei… (exibindo seu corpo com gestos)

Abrão -- Você pode até pensar assim, mas não podemos correr riscos, para todos os efeitos nós não somos casados, somos irmãos.

Sarai -- Sim, farei como você achar melhor.


Dois dias depois, cenas no pátio do palácio.

Ló -- (conversa com um dos servos de Abrão)… Precisamos ficar muito atentos, para não sermos surpreendido, estamos em terras estranhas e não sabemos os costumes daqui.

Nicanor -- Acho que deveríamos ter deixado nossas mulheres em casa, olhe como eles reparam cada uma delas, parece até que não existe mulheres por estas bandas.

Eliezer  - (Entra na conversa)… Ter!.. Garanto que tem, mas tenho certeza que nunca viram mulheres tão bonitas, como as desta tribo de Abrão.


Nicanor -- (Se sentindo ofendido) Pra você Eliezer que é novo no grupo, tem que tomar cuidado, no que fala e no que faz, porque o tio Abrão, é muito generoso, mas sabe também ser enérgico quando precisa e todos nós o respeitamos muito.

Eliezer -- Não disse nada por mal, só queria quebrar um pouco a tensão, pois estou vendo certo nervosismo estampado nos rostos de cada um; tudo o que o senhor Abrão fez por mim, vou saber recompensá-lo de alguma forma, sou muito grato a ele… Ele me comprou das mãos de meus senhores, e me deixou em liberdade, para eu ir embora se quisesse.

Nicanor – Mas você não quis ir embora, não é mesmo, você está vendo que é mais conveniente ficar na companhia de Abrão, muito conveniente de sua parte, isto mostra que você é muito esperto.

Eliezer – Não tem nada de esperteza, o que sinto é que tenho uma divida de gratidão muito grande com ele, e farei tudo para não decepcioná-lo.

Nicanor -  (Com ciúmes) Espero que você não venha querer fazer média a nossas custas!...

Eliezer -- Quanto a isto, você podem ficar despreocupado, sei reconhecer o meu lugar!..


Nicanor – Assim será bem mais fácil de nos entender!...    EJO ------------- Continua